18 de Outubro – Dia do Médico

Hoje, queremos homenagear a todos os médicos da Família Cub e aos nossos colegas de profissão que exercem a arte de cuidar com muita dedicação, respeito, carinho e amor ao próximo.

10 de setembro – Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio

A campanha #SetembroAmarelo nos leva a refletir sobre esse tema e debater ações de valorização da vida. Vamos praticar a solidariedade e estender a mão para quem que esteja passando por um momento difícil.

Se precisar de ajuda ou souber de alguém que precise, indique o telefone do Centro de Valorização da Vida (CVV): 188. O contato funciona 24 horas e pode dar o amparo emocional necessário.

Vamos, juntos, nessa corrente do bem! Sua vida é seu bem mais precioso, cuide dela com carinho.

Câncer de rim. O que você precisa saber?

O câncer de rim é considerado o tumor urológico mais agressivo, e por isto deve ser tratado de maneira rápida, eficaz e definitiva.

As lesões tumorais renais antigamente se manifestavam como massas volumosas abdominais, que promoviam dor e sangramento na urina.

Hoje em dia, com a evolução dos métodos de imagem (tomografia e ultrassom), o diagnóstico tem sido realizado cada vez mais em estágios iniciais, antes mesmo do surgimento destes sintomas.

Dentre os fatores de risco para o câncer renal estão:
▪️ O tabagismo;
▪️ A obesidade;
▪️ A hipertensão arterial.

Desta maneira, parar de fumar, ter uma alimentação balanceada e praticar atividades físicas podem ser formas de prevenção.

Há riscos envolvidos na retirada completa de um dos rins?

Chamamos de nefrectomia a cirurgia de retirada completa dos rins, ela é realizada quando o paciente tem um mau funcionamento do rim, como por exemplo, em casos de câncer ou também nas doações de órgãos. 🏥 Dependendo da causa, pode ser feita a remoção parcial ou completa do órgão.

Como qualquer procedimento cirúrgico, a nefrectomia é uma cirurgia que pode apresentar complicações, mas quando realizada por profissionais qualificados, os riscos são menores.

Os seus principais riscos são:

  • Lesões em outros órgãos próximos aos rins;
  • Perda de sangue;
  • Problemas cardíacos.

Para evitar tais riscos, o ideal é que o paciente procure um médico de confiança e siga com efetividade os tratamentos pós cirúrgicos.

Mitos sobre a Varicocele

A varicocele não é tratável.

Mito. A varicocele é a principal causa de infertilidade que se pode tratar de maneira eficaz.

A varicocele NUNCA causa dor.

Mito. Na maioria dos pacientes, passa despercebida. Porém, pode sim, provocar dor e até mesmo a atrofia do testículo em decorrência da dificuldade circulatória que ela provoca.

Sempre é necessário o tratamento para a varicocele.

Mito. A varicocele só deve ser tratada se o paciente apresentar sinais e sintomas que evidencie alteração de função no testículo, ou seja, se aquele testículo está sofrendo de alguma maneira.

A embolização de varicocele é um procedimento bastante doloroso?

Mito. O curso da dor no pós-operatório de pacientes submetidos à embolização de varicocele varia bastante, sendo que, na maioria das vezes, os pacientes não sentem nada.

Desejamos um Feliz dia dos Pais

Um pai é, além de herói, um grande exemplo de vida! Parabéns aos que lutam para garantir o melhor para os seus filhos! Feliz dia dos pais!

Como manter a saúde em dia?

Que tal aproveitar o dia de hoje para colocar a saúde em dia?

Afinal de contas, ser saudável não é só ter os exames em dia e consultar médicos regularmente. Além desses hábitos, é fundamental lembrar-se de fazer exercícios físicos, ter uma alimentação saudável e se livrar de males como o cigarro.

E você, tem cuidado da sua saúde?

Quando começar a ir a um urologista?

Idealmente o homem deve ir ao Urologista desde o início da puberdade, ou seja, por volta dos 10-11 anos de idade, quando começam a ocorrer transformações notáveis no corpo.

Consultar o Urologista na idade certa e manter visitas periódicas ajuda não só no diagnóstico precoce de várias doenças, como também na criação de uma rotina de cuidados com a saúde através do acompanhamento médico ao longo da vida.

Quando foi a sua última consulta com o Urologista?